domingo, 5 de fevereiro de 2012


Frases para tumblr Clarice Lispector

3






TEU SEGREDO É TÃO PARECIDO CONTIGO, NADA ME REVELA ALÉM DO QUE JÁ SEI.E SEI TÃO POUCO COMO SE O TEU ENIGMA FOSSE EU. ASSIM COMO TU ÉS O MEU.


Amar os outros é a única salvação individual que conheço: ninguém estará perdido se der amor e às vezes receber amor em troca.

Me provoque. Me desafie. Me tire do sério. Me tire do tédio. Vire meu mundo do avesso!

Tenho várias caras. Uma é quase bonita, outra é quase feia. Sou um o quê? Um quase tudo.





MUDE, MAS COMECE DEVAGAR, PORQUE A DIREÇÃO É MAIS IMPORTANTE QUE A VELOCIDADE.



NÃO ESTOU AQUI PRA QUE GOSTEM DE MIM. ESTOU AQUI PRA APRENDER A GOSTAR DE CADA DETALHE QUE TENHO.



Suponho que me entender não é uma questão de inteligência e sim de sentir, de entrar em contato... 
Ou toca, ou não toca.


Voltarei algum dia à minha vida anterior? Duvido muito.

Esse coração que erra, briga, se expõe. Perde o juízo por completo em nome de causas e paixões.

Quando se ama não é preciso entender o que se passa lá fora, pois tudo passa a acontecer dentro de nós.

Ela acreditava em anjo e, porque acreditava, eles existiam.
Eu não sou tão triste assim, é que hoje eu estou cansada.
Não se pode andar nú nem de corpo nem de espírito.
Se tanto amor dentro de mim recebi e continuo inquieta e infeliz, é porque preciso que Deus venha. Venha antes que seja tarde demais.
Aos olhos nus, não passava de um chuva repentina, mas aqui dentro soava como uma tempestade.
Não tenho tempo pra mais nada, ser feliz me consome muito.
Não tenho medo nem das chuvas tempestivas nem das grandes ventanias soltas. Pois eu também sou o escuro da noite
Sou feliz na hora errada. Infeliz quando todos dançam. 
Vagamente pensava de muito longe e sem palavras o seguinte: já que sou, o jeito é ser.
Passei a vida tentando corrigir os erros que cometi na minha ânsia de acertar.



MORRI DE MUITAS MORTES E MANTÊ-LAS-EI EM SEGREDO ATÉ QUE A MORTE DO MEU CORPO VENHA, E ALGUÉM, ADIVINHANDO, DIGA: ESTA, ESTA VIVEU.



FUI FEITA PRA NINGUÉM PRECISAR DE MIM.


Mas tenho medo do que é novo e tenho medo de viver o que não entendo - quero sempre ter a garantia de pelo menos estar pensando que entendo, não sei me entregar à desorientação.

A palavra é o meu domínio sobre o mundo.

E todos os dias ficarei tão alegre que incomodarei os outros, o que pouco me importa, já que eu tantas vezes sou incomodada pela alegria superficial e digestiva dos outros.

Estou cansada: é por isso também que falo baixo — é para não me ofender.


Sou como você me vê.
Posso ser leve como uma brisa ou forte como uma ventania,
Depende de quando e como você me vê passar.



Liberdade é pouco. O que eu desejo ainda não tem nome.
(Perto do Coração Selvagem)


Passei a vida tentando corrigir os erros que cometi na minha ânsia de acertar.

As pessoas que se preocupam demais com a ordem externa é porque internamente estão em desordem.

Nada posso fazer: parece que há em mim um lado infantil que não cresce jamais.

Eu sou assim, quero tudo e quero agora! Uns chamam de mimada, mas eu prefiro decidida... 

De pura alegria, seu coração bateu tão depressa como se ele tivesse engolido muitas borboletas.

Que medo alegre, o de te esperar.

Erguia-se para uma nova manhã, docemente viva. E sua felicidade era pura como o reflexo do sol na água.


Mas há a vida que é para ser intensamente vivida, há o amor. 
Que tem que ser vivido até a última gota. Sem nenhum medo. Não mata.


… amor será dar de presente um ao outro a própria solidão? Pois é a coisa mais última que se pode dar de si.

Ser fiel é. O ato do amor contém em si um desespero que é.

Porque eu, só por ter tido carinho, pensei que amar é fácil.

Compreender era sempre um erro — preferia a largueza tão ampla e livre e sem erros que era não-entender.


Com todo perdão da palavra, eu sou um mistério para mim.


Diga-me por favor que horas são para eu saber que estou vivendo nesta hora.

Porque eu fazia do amor um cálculo matemático errado: pensava que, somando as compreensões, eu amava. Não sabia que, somando as incompreensões é que se ama verdadeiramente


TENHO UM POUCO DE MEDO: MEDO AINDA DE ME ENTREGAR POIS O PRÓXIMO INSTANTE É O DESCONHECIDO.

3 comentários:

  1. Que bom que você gostou da frase inicial do meu poema Mude.
    Mude, mas comece devagar, porque a direção é mais importante que a velocidade.
    Que, aliás, não é de Clarice Lispector.
    Se puder, veja o poema todo, assim como o vídeo e o livro Mude, publicado pela Pandabooks e à venda nas maiores livrarias.
    http://Mude.blogspot.com
    Abraços!

    ResponderExcluir
  2. Nossa, que lindo ! Amei todas as frases !

    ResponderExcluir

PROIBIDO POSTAGENS DE LINKS DE OUTROS BLOGS E COMUNIDADES.
- Seu comentário precisa ser relacionado com o assunto do post;
- Propagandas,spam serao deletados..
- Leia os comentários anteriores,procure se não há resposta já publicada
- Fique a vontade para comentar, mas seja sempre educado (a)!
- Em caso de dúvidas, tente dar o máximo de detalhes possíveis.
- Tenha consciência de que os resultados variam de foto para foto.
- Comentários irrelevantes não serão aceitos.

Nosso chat: group809053@groupsim.com
twitter: @tataschultz

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...